Sete dicas importantes de Como Participar com Sucesso em Processos Seletivos Internos e Externos

Para participar de processos seletivos você precisa se preparar levando em consideração sete passos. Acima de tudo, um bom coach ou mentor pode ajudá-lo nessa caminhada.

Os processos seletivos, internos e externos são muito usados na gestão privada há bastante tempo, para contratação e ocupação de cargos.

Por sua vez, na área pública pública alguns programas de grande envergadura, como o Governo de Minas Gerais começam recentemente a expandir a prática.

Nas empresas estatais, a lei 13.303/16 obriga essas empresas a aprimorar a governança corporativa, criando modelos de seleção de executivos.

Em março/2019 o BRB-Banco de Brasília, anunciou que também passa a realizar processos seletivos para cargos de direção e possivelmente estratégicos. A própria legislação da ocupação de cargos comissionados dos governos em geral está sendo mudada para contemplar requisitos que visem maior profissionalização.

Veja a seguir os pontos mais relevantes:

 1 – Experiência anterior:

Parte-se do pressuposto que quanto mais tempo o candidato tem de “tatame”, mais próximo está de conseguir a “faixa preta”; isso pode ser verdade para soft skills. Entretanto, para atividades e projetos em geral, o que conta mesmo são as experiências mais recentes, pois o cenário mudou muito e uma experiência de mais de cinco anos pode não significar muita coisa.

2 – Perfil de Habilidades:

É a lista de competências comportamentais desejáveis. P

Para cargos estratégicos como Diretor do BRB foram sinalizados aspectos ligados à inovação, comunicação, dinamismo, equilíbrio emocional, foco em resultados, habilidades negociais, criatividade, liderança, planejamento, capacidade de entrega, tomada de decisão e visão sistêmica.

Uma novidade: INTELIGÊNCIA CONTEXTUAL. Você sabe o que é? Por outro lado, os selecionadores podem usar vários instrumentos de análise de perfil como DISC, HOGAN e APOGEU dentre outros.

3 – Perfil de conhecimentos e certificações:

Conhecimentos gerais e/ou específicos da unidade estratégica ou da organização. Destacar os conhecimentos adquiridos no decorrer das experiências.

Acima de tudo, valem certificações como por exemplo CPA20 para quem atua no mercado financeiro, PMI, etc.

Pode-se colocar também áreas de pesquisa em que o candidato tem interesse ou atua.

4 – Projetos Profissionais realizados:

É muito mais do que o relato de experiências. Normalmente pede-se resultados e fracassos em projetos que o candidato tenha participado. Recomenda-se projetos dos últimos três anos. Aqui uma dica importante: à medida que você vai realizando projetos em sua vida profissional, registre-os e arquive. Existem momentos em que o tempo para inscrição é muito curto e impossível elaborar descrições de qualidade, caso você não as tenha.

5 – Plano de Negócios:

É um projeto aplicativo ou plano de ação. Em outras palavras, trata-se da apresentação de um plano para a “futura área”.

É muito importante que seja o próprio candidato a elaborá-lo pois a praxe é haver questionamento sobre o seu conteúdo e estratégia por ocasião das entrevistas.

6 – Vídeo de apresentação:

Você poderá ser convidado a gravar um vídeo. Aqui algumas dicas rápidas:

  • Defina quais pontos vai abordar e coloque num papel em tópicos;
  • Depois disso, parta para a gravação. Use um smartphone na posição horizontal. A lente da câmera deve estar logo abaixo da linha dos seus olhos, em ambiente sem ruídos;
  • Se for escolher um cenário, ele deve estar alinhado com o ambiente corporativo;
  • É recomendável um microfone de lapela pois elimina o som ambiente;
  • Fixe o celular com um tripé e sem não tiver use livros ou outros recursos;
  • Concluindo, grave um vídeo treino para verificar o enquadramento da câmera, iluminação e outros detalhes.

7 – Entrevistas e dinâmicas de grupos:

As entrevistas podem ser presenciais ou pela internet.

Quando são presenciais normalmente abrangem um estudo de caso, interação dinâmica entre os participantes e algum jogo. Entretanto, se forem à distância privilegiam relato e características pessoas bem como o plano de ação apresentado.

Em 10 anos, a Bazeggio Consultoria através da sua equipe, capacitou mais de 4000 pessoas no setor público e privado.

Entre em contato e solicite um horário para conversarmos.

Conheça nosso histórico de cursos realizados e veja como as organizações têm obtido resultados relevantes.

.

Seja o primeiro a saber de todas as nossas novidades

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais informações sobre gestão de pessoas em seu email, cadastre-se abaixo



Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho