Desenvolvendo uma gestão de talentos vitoriosa

Não é segredo que no mundo dos esportes, times que contam com uma boa liderança e treinamento, muitas vezes conseguem derrotar rivais mais talentosos. A lógica também se aplica aos negócios.

Apesar de não haver no mundo dos negócios, muitas premiações específicas para grandes líderes, estes são recompensados com base na sua habilidade de introduzir cada um de seus liderados em uma posição favorável ao seu sucesso e, consequentemente, sua contribuição para a empresa. De fato, gestores e diretores não podem avançar no seu sucesso pessoal sem desenvolver um conjunto de habilidades para a gestão de talentos.

Então, como obter todo o potencial da sua equipe? Considere as dicas a seguir para desenvolver uma estratégia de gestão de talentos vitoriosa:

Identifique os diferentes tipos de talento em sua empresa

Um bom gestor irá se cercar de profissionais que complementem seu talento pessoal e vice-versa. Quando há um clima organizacional de equipe, forma-se uma sinergia onde os talentos e habilidades do grupo se somam e vão muito além dos resultados que seriam atingidos individualmente por cada membro.

Para se obter essa sinergia, é importante que o gestor saiba como assessorar e trabalhar individualmente as habilidades de cada um dos seus liderados para desenvolver uma visão do potencial do time como um todo. Essa visão ajuda a determinar os pontos fortes de cada um e qual será o seu papel na empreitada.

Uma boa dica é você observar aqueles colaboradores que aprendem rápido. Aprendizagem acelerada é uma boa dica para um talento potencial.

Descubra a motivação de cada um

Uma etapa determinante para construir um time equilibrado é descobrir o move cada profissional. O talento se evidencia nos desafios e enfraquece quando o trabalho se torna apenas uma rotina de atividades sem significado. O talento requer formas múltiplas de se expressar, de se testar e crescer.

Desenvolver profissionais também envolve identificar seus pontos fortes e fracos. O que um líder precisa fazer é identificar os diferenciais de cada funcionário para poder orienta-lo sobre suas principais habilidades e sobre as áreas que precisam ser aperfeiçoadas. Uma vez que essas características estiverem evidentes, o gestor deve dar aos seus liderados oportunidades e tarefas em que suas principais habilidades possam brilhar e se fortalecer.

Uma boa estratégia de gestão de capital humano irá beneficiar o funcionário, que se sentirá mais satisfeito e conectado ao trabalho, os gerentes e diretores, que conseguirão estabelecer uma melhoria na produtividade e a companhia como todo, que contará com uma força de trabalho eficiente e satisfeita.

Evaldo Bazeggio

Diretor Fundador e Diretor Técnico da Bazeggio Consultoria. Executivo com mais de trinta anos de experiência em gestão de equipes e organizações públicas e privadas. Certificado internacionalmente Master Coach ISOR® em Coaching, Mentoring e Holomentoring®. Consultor de estratégia, desenvolvimento organizacional e de pessoas, em organizações.

Deixe uma resposta

Fechar Menu