Conheça diferenças sobre as definições e metodologias em atividades de treinamento, coaching e mentoring.

Mesmo entre gestores, pode haver confusão sobre as diferenças entre mentoring, coaching e outras formas de treinamento. Embora as diferenças possam por vezes parecer sutis, a suas metodologias e objetivos podem produzir resultados drasticamente diferentes. Do mesmo modo como é importante para um gestor dispor de variedade de estilos de liderança, saber reconhecer suas especificidades e os casos em cada uma delas se aplica melhor para os resultados esperados é fundamental para uma boa liderança.

Em sua obra “Coaching: o apoio que faz as pessoas brilharem – Orientação e treinamento em qualquer situação”, PORCHÉ e NIEDERER (2002), classificam as diferenças entre liderança, gerenciamento e coaching da seguinte maneira:

Liderança: anunciar um futuro e convocar as pessoas para que façam esse futuro acontecer;

Gerenciamento: coordenar pessoa e materiais para cumprir eventos/objetivos específicos, que farão o futuro anunciado acontecer;

Coaching: ajudar as pessoas a se dedicarem e a ter entusiasmo no cumprimento dos seus objetivos.

Definição de treinamento

De forma geral, um treinamento é um processo educativo que tem como objetivo desenvolver ou aperfeiçoar uma habilidade específica. Para um maior aprofundamento, veja as características centrais dos processos de coaching e mentoring.

Características do Coaching

O coaching é o processo por meio do qual a capacidade e a eficiência dos líderes são incrementadas, visando a consecução das três áreas abrangentes citadas anteriormente. A sua metodologia é relacionada com o desenvolvimento da motivação e inspiração de forma mais abrangente, enquanto os treinamentos se relacionam com habilidades específicas.

A essência do coaching é desenvolver estratégias de liderança orientadas para a  resolução de problemas e converter o aprendizado em resultados positivos para a organização e os profissionais envolvidos. O seu foco é nas questões concretas, como gerenciar de forma mais eficiente, se comunicar de forma clara e articulada, e aprender a pensar estrategicamente. Essas ações requerem um especialista em conteúdo (o coache), que é capaz de ensinar o coachee como desenvolver essas habilidades.

De acordo com as definições dos educadores corporativos Marcos Wunderlich e Evaldo Bazeggio, o coaching é definido como uma metodologia ou um processo de orientação de pessoas ou equipes,muito utilizada em empresas como uma consistente ferramenta de Gestão e Liderança.

Quem exerce o Coaching é intitulado de Coach, e quem recebe é o Coachee. A ideia central é orientar ou incentivar uma pessoa ou uma equipe a obter os melhores resultados, sejam estes pessoais ou profissionais.

As atividades de coaching são utilizadas em situações como:

  • uma empresa está buscando desenvolver seus colaboradores em competências específicas usando ferramentas de gerenciamento de desempenho e envolvendo os gerentes de cada setor;
  • uma organização ou departamento possui um funcionários que, apesar de talentosos, não estão satisfazendo as expectativas;
  • Quando se introduz um novo sistema ou programa em um ambiente profissional;
  • Quando uma empresa tem um pequeno grupo de indivíduos que necessitam desenvolver competências em áreas específicas;
  • Quando um líder ou executivo precisa de ajuda na aquisição de uma nova habilidade como uma responsabilidade adicional

 

 

Características do Mentoring

Considerado um método de liderança mais abstrato, o mentoring é focado no desenvolvimento de habilidades gerais através de interações indiretas. Sua metodologia é o desenvolvimento conduzido. Sua finalidade é desenvolver o indivíduo não só para o trabalho atual, mas também para o futuro. Esta distinção diferencia o papel do gerente de imediato e que a do mentor. Ele também reduz a possibilidade de criar conflito entre o gerente do funcionário e do mentor.

Mentoring, nas palavras do presidente do Instituto Holos, Marcos Wunderlich refere-se mais à ativação do imenso potencial e possibilidades de cada pessoa mediante transferência de sabedoria e orientação para construção de projetos de vida mais satisfatórios.

O programa de Mentoring ajuda a empresa a reter e treinar seus talentos, desenvolver lideranças, integrar e alinhar seus profissionais em concordância com os valores da organização e repassar conhecimento com baixo investimento. Quando alguém é mentor verdadeiramente, significa que é amigo e age a partir da postura servidora.

As atividades de mentoring são utilizados em situações como:

  • A organização precisa desenvolver seus líderes e talentos, como parte do planejamento de longo prazo e sucessão;
  • Quando uma empresa quer ajudar funcionários de diferentes áreas a remover as barreiras que impedem o seu sucesso;
  • Para manter a sua experiência interna e experiência que residem em seus funcionários para as gerações futuras;
  • Quando uma empresa quer criar uma força de trabalho que equilibra o profissional e o pessoal.

Referências:

O’NEILL, BETH. Coaching – Treinando executivos: como colocar os líderes a frente com seus desafios – São Paulo: Futura, 2000.

PORCHÉ e NIEDERER. Coaching: o apoio que faz as pessoas brilharem – Orientação e treinamento em qualquer situação – Rio de Janeiro : Campus, 2002.

management-mentors.com

 

Seja o primeiro a saber de todas as nossas novidades

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais informações sobre gestão de pessoas em seu email, cadastre-se abaixo



    Deixe uma resposta