Cinco dicas para cabeça banda larga

O cenário político e econômico indica que estamos diante de uma travessia que pode durar dois anos ou mais até chegarmos a melhores condições de mercado. Nesse período é preciso serenidade e persistência. Alguns empreendedores crescem na crise. Abílio Diniz declarou ontem (26/08) ao jornal Valor: “Sempre cresci na crise”. Outros se recolhem para esperar a tempestade passar. Você pode fazer algumas coisas para ampliar sua mentalidade. Hoje selecionamos cinco dicas.

1 – Ofereça solução de problemas. Qualquer que seja a sua atitude lembre que você continuará a ser útil caso seus produtos e serviços estejam em condições de resolver um problema do seu cliente. Não venda produtos, resolva problemas. Seja solução. Busque problemas reais que seus clientes tem.

2 – Mude rapidamente o que não dá certo: O mundo é beta. O mundo não está pronto, está sempre em construção.

3 – Aprenda os conceitos. Toda vez que encontrar uma palavra nova vá fundo para aprender. A do momento é economia social. A conectividade crescente permite negócios que agrupam e aglomeram. UBER, a maior empresa de transporte individual do mundo não tem nenhum automóvel e sua propriedade rodando. O AIR BNB é a maior empresa de hospedagem mas não tem nenhum quarto. O mesmo raciocínio se aplica ao Alibabá (comércio eletrônico) e Facebook: plataforma de mídia.

4 – Entenda os ciclos. Tudo o que vivemos ocorre em ciclos com momentos de expansão e recolhimento. Nós vivemos vários ciclos simultaneamente. Cada um desses ciclos está em estágios diferentes. O ciclo do modelo de negócio pode estar em escalaridade (precisando ser reformulado) entretanto o ciclo de um determinado serviço pode estar em plena função (com desempenho máximo).

5 – Não acredite demais na sua mente. A mente não fala a verdade. A mente mente. Nosso cérebro funciona buscando eficiência máxima: apresentar soluções com baixo gasto de tempo e energia. Por isso tem a tendência de mostrar soluções pré elaboradas com base em nossas experiências. As pesquisas demonstram que isso nos induz sempre às mesmas soluções, sem criatividade. É tirar mais do mesmo. Questione essas soluções.

Matérias relacionadas:

Cursos para uma cabeça banda larga.

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais informações sobre gestão de pessoas em seu email, cadastre-se abaixo

Seja o primeiro a saber de todas as nossas novidades

Evaldo Bazeggio

Diretor Fundador e Diretor Técnico da Bazeggio Consultoria. Executivo com mais de trinta anos de experiência em gestão de equipes e organizações públicas e privadas. Certificado internacionalmente Master Coach ISOR® em Coaching, Mentoring e Holomentoring®. Consultor de estratégia, desenvolvimento organizacional e de pessoas, em organizações.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho