Dez coisas que o celular diz sobre você

Pesquisas recentes citadas num artigo publicado no The Wall Street Journal indicam que o estudo do comportamento do consumidor está passando por uma revolução. Muitos podem pensar que isso é possível graças à internet, mas a verdade é que o uso dos celulares está permitindo essa mudança. É importante lembrar que 75% da população do planeta tem pelo menos um telefone celular.Os telefones celulares são facillmente rastreáveis pelas operadoras, gerando grandes bancos de dados comerciais — que revelam como nos organizamos em redes de poder, de dinheiro, de amor e de confiança. Esses padrões permitem que a  ciência identifique aquilo que nos diferencia e também comportamentos comuns a todos. O avanço da estatística, da psicologia e das redes sociais permitem a identificação de padrões da dinâmica humana. Algumas das possibilidades e descobertas:

  • Identificação de influenciadores para disseminação de determinada opinião sobre um produto ou serviço;
  • Previsão, com base no círculo de amigos de um cliente – quem é mais propenso a desertar para a concorrência;
  • Revelação de sutis distúrbios mentais;
  • Previsão de propagação de idéias políticas para uma comunidade à semelhança de um vírus;
  • Detecção de sintomas de gripe, mesmo antes da pessoa saber que está doente;
  • Prever os deslocamentos futuros com mais de 93,6 % de acerto;
  • Prever os movimentos da bolsa de valores com base nas mensagens do twitter;
  • Perfil do nível de felicidade das cidades (Reuni Unido: a hora mais feliz é 20h do sábado r o dia mais triste é a terça feira;
  • Identificar o tipo de música que a pessoa gosta, o carro que dirige ou risco de alguma doença com base como o seu tempo é gasto.

O certo é que os dados de localização está em toda parte. Carros, ônibus, táxis, telefones celulares, câmeras e dispositivos de navegação pessoal. Junte-se a isso o uso de tecnologias de posicionamento conectados à rede, tais como GPS, Wi-Fi e a triangulação de torres de celular. Milhões de consumidores e empresas utilizam dispositivos de localização habilitados para encontrar serviços nas proximidades, localizando seus amigos e familiares, navegação e rastreamento de animais de estimação, objetos despachados, esportes, jogos e passatempos. Recentemente, duas forças de mercado têm causado uma explosão no número de ligados à Internet a localização de dispositivos habilitados:
A iniciativa de segurança do governo norte americano , E-911, determinou que telefones celulares devem ser localizável no caso de um chamada de emergência e a enorme demanda por serviços de navegação e informações em tempo real sobre o trânsito.

Isso é mais do que o big brother global.

Fonte: Robert Lee Hotz.

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais informações sobre gestão de pessoas em seu email, cadastre-se abaixo

Seja o primeiro a saber de todas as nossas novidades

Evaldo Bazeggio

Diretor Fundador e Diretor Técnico da Bazeggio Consultoria. Executivo com mais de trinta anos de experiência em gestão de equipes e organizações públicas e privadas. Certificado internacionalmente Master Coach ISOR® em Coaching, Mentoring e Holomentoring®. Consultor de estratégia, desenvolvimento organizacional e de pessoas, em organizações.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho