O próximo passo para férias virtuais

Mais rápido do que pensamos

Recentemente, passei a perguntar aos meus alunos da pós-graduação se aceitariam substituir uma viagem de férias tradicional por férias virtuais. A garantia é que a experiência da viagem seria a mesma de um roteiro virtual mas sem que o nosso corpo necessitasse entrar num avião.

Todos estranham muito essa equação. Trata-se de uma possibilidade que já está muito próxima. Basta entrarmos num brinquedo alí no parquinho infantil do Park Shopping e poderemos experimentar um leque de emoções similares às que vivemos ao fazer um roteiro radical “de verdade”.

O a consultoria alemã Roland Berger indicou essa possibilidade em 2011 quando publicou o quadro abaixo:

O próximo passo para férias virtuais infográfico - O próximo passo para férias virtuais - inovacao

Inforgráfico: Roland Berber

Agora mais um passo. Na maior feira de eletrônicos do mundo, a IFA-2014 as companhias Samsung e outras anunciam equipamentos que podem ser conectados a óculos especiais. Esses óculos vão reproduzir games, filmes e aplicações com realidade virtual.

A Sansung acunciou o GEAR-VR que é um concorrente ao Óculos Rift, desenvolvido por uma empresa que foi adquirida pelo Facebook.

Por sua vez o Google já tinha apresentado o aplicativo do CardBoard que simula a realidade virtual.

Algumas dessas soluções já permitem voar ou andar pelo Google street, Haart etc.

Assim, já podemos visitar o palácio de versailles sem estar lá.

Vamos embarcar?  É barato e não precisa nem comprar passagem aérea.

Veja as novidades tecnológicas apresentadas na IFA 2014

 

Evaldo Bazeggio

Diretor Fundador e Diretor Técnico da Bazeggio Consultoria. Executivo com mais de trinta anos de experiência em gestão de equipes e organizações públicas e privadas. Certificado internacionalmente Master Coach ISOR® em Coaching, Mentoring e Holomentoring®. Consultor de estratégia, desenvolvimento organizacional e de pessoas, em organizações.

Deixe uma resposta

Fechar Menu