Ultrabook desafia o tablet

Os tablets não são imbatíveis: Segundo Terrence O’Brien, a Intel está aproveitando a Computex 2011 para apresentar uma nova categoria de computadores pessoais, com potencial para ocupar grande parte do mercado.

Os Ultrabooks contam com características que os distinguem do que existe atualmente, como a espessura, peso e capacidade. Pretendem competir de frente com os tablets e netbooks. Outra vantagem é o consumo, que promete ser 50% menor em relação aos computadores atuais. Além disso, o preço deverá ser abaixo dos mil dólares o que permitirá que chegam ao patamar de vendas pretendido pela Intel.

Os primeiros modelos contarão com os processadores Sandy Bridge como carro-chefe dos hardwares, mas não por muito tempo. Na imagem, o ASUS UX-21, o primeiro Ultrabook do mercado (Fonte da imagem: divulgação/ASUS)

Os computadores, a partir da primeira metade de 2012, devem ser equipados com os processadores Ivy Bridge — mais finos e potentes — permitindo um design ainda mais enxuto dos Ultrabooks.

A Intel ainda fala sobre outros processadores, sucessores do Ivy Bridge (apelidado de Haswell), que devem ser usados nos Ultrabooks a partir de 2013, devido à metade da necessidade energética dos microprocessadores.  O ASUS UX21 será o primeiro Ultrabook a chegar ao mercado, ainda no final deste ano ou início do próximo.
Não devemos esquecer que a Asus reinou por muito tempo com os netbooks. @EvaldoBazeggio.

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais informações sobre gestão de pessoas em seu email, cadastre-se abaixo

Seja o primeiro a saber de todas as nossas novidades

Evaldo Bazeggio

Diretor Fundador e Diretor Técnico da Bazeggio Consultoria. Executivo com mais de trinta anos de experiência em gestão de equipes e organizações públicas e privadas. Certificado internacionalmente Master Coach ISOR® em Coaching, Mentoring e Holomentoring®. Consultor de estratégia, desenvolvimento organizacional e de pessoas, em organizações.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho