E a produtividade como fica?

Uma pesquisa recente foi realizada pela OnePoll para identificar como os trabalhadores de escritórios se sentem em relação ao trabalho em casa e seu impacto ambiental. Foram entrevistados 1.000 trabalhadores nos EUA, 250 na Índia, Reino Unido, Brasil e Alemanha, 125 na Austrália e 125 na Nova Zelândia.

A primeira constatação é de que 84% dos entrevistados se dizem preocupados com o impacto ambiental, principalmente causado pelos deslocamentos de casa ao trabalho. Em segundo lugar foram listadas as VANTAGENS em trabalhar em casa:

  1. Horário mais flexível: 52%
  2. Economizando dinheiro, principalmente em deslocamento e cuidados com os filhos: 48%
  3. Acesso e proximidade da cozinha: 47%
  4. Vestir o que seja mais confortável sem seguir o dress code da empresa: 45%
  5. Concluir durante a semana as tarefas que teriam que fazer no fim de semana: 44%

Como BENEFÍCIOS DIRETOS, 72% acharam importante economizar tempo com deslocamento e 56% sentem possibilidade de passar mais tempo com a família.

O fato de ter uma única citação indireta à produtividade (ítem 5 acima), me chamou a atenção. Com o incremento do Home Office, é preciso que essas vantagens resultem em trabalhos produtivos e pessoas mais equilibradas e felizes.

Fonte: https://www.goto.com/pt/blog

 

Seja o primeiro a saber de todas as nossas novidades

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais informações sobre gestão de pessoas em seu email, cadastre-se abaixo



Deixe uma resposta