Uma ruptura pode representar uma ameaça ou uma oportunidade.

O ambiente de negócio está cada vez mais complexo. Vivemos momentos de grandes e frequentes rupturas. Alguns exemplos são a entrada em ramos diversos de empresas de negócios diferentes. É o caso do Google Inc no negócio de automóveis, as operadoras de telecomunicação nos negócios financeiros, dentre outros. Estas rupturas exigem novas competências dos estrategistas. Dentro do perfil do que chamamos de talento do futuro estão competências como curiosidade, inteligência social, capacidade de conexão e motivação. Estes foram aspectos de chamaram muito a atenção dos participantes da décima primeira turma desse programa ministrado para executivos da Caixa Econômica Federal, que aconteceu na Universidade Caixa, em Brasília nos dias 16 a 18 de Março.

O Curso e desenvolvimento do Raciocínio Estratégico e Visão Sistêmica tem como principal objetivo apoiar a CAIXA na melhoria da competitividade organizacional. Este programa   foi desenvolvido pelo Professor Evaldo Bazeggio a partir de uma demanda específica da Universidade CAIXA, numa parceria com a Megaquality Consultoria. Nessa turma o público principal era composto de executivos que estão atuando nos novos modelos de negócios destinados aos segmentos de construção civil, médias e grandes empresas e governo, pioneiros nos estados de Goiás e Rio Grande do Sul. A própria caixa busca uma ruptura nos modelos tradicionais ao implementar plataformas especializadas de negócio para segmentos específicos.

Os principais temos tratados foram:

  • Planejamento e Alinhamento Estratégico
  • Vivemos um tempo de ruptura: despertar para as grandes rupturas estratégias .
  • Desmistificando Estratégia: fatores fundamentais de estratégia
  • Conexão do Plano Estratégico com as atividades na unidade de trabalho
  • Cadeia de Valor como base para o mapa estratégico
  • Dimensões de resultado e de esforço
  • Modelos Mentais
  • Correlação entre objetivos estratégicos x indicadores x metas x projetos x planos de ação
  • Raciocínio Estratégico com a análise swot cruzada
  • Estratégias vencedoras e vantagens competitivas
  • Estudo de caso sobre o cenário para os bancos com as mudanças tecnológicas
  • A implementação da estratégia
  • A arte do fazer acontecer
  • Comunicação como fator de sucesso
  • Dinâmica mental do fazer acontecer.

Os pilares do curso são os exercícios práticos abordando Modelos Mentais, Paradoxos s Evitar no Planejamento, Cadeia de Valor, Matriz de Planejamento de Comunicação, dentre outros. Na metodologia também consta a realização da transposição imediata para a realidade de cada executivo por meio dos exercícios “amarrando as pontas”. Sobre o treinamento, o participante Lucas, de Porto Alegre-RS, declarou “Goste muito do curso. A abordagem sobre os temas permitiram uma avaliação pessoal e do projeto que vivenciamos na Caixa. O link com o dia-a-dia permitirá ações efetivas com resultados no curso prazo e longo prazo.

Bibliografia recomendada:

  • O Iconoclasta. Gregory Berns
  • Mapas Estratégicos. Robert Kaplan & Norton
  • Inovação para crescimento. Scott D. Anthony
  • A execução Premium. Robert Kaplan & Norton

Outras publicações sobre o assunto:
Não acredite demais na sua mente – a mente mente.

Seja o primeiro a saber de todas as nossas novidades

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais informações sobre gestão de pessoas em seu email, cadastre-se abaixo



    Este post tem 3 comentários

    1. Avatar
      ANDERSON POSSA

      Comentário…Excelente curso. À partir da reflexão sobre os modelos estabelecidos versus a dinâmica e a velocidade das mudanças estruturais atuais, foi-nos possibilitado quebrar paradigmas e repensar nossa atuação diária em um mundo em constante transformação.

    2. Avatar
      Cleomar Dutra

      Curso excelente, conteúdo totalmente aplicável e até afirmo, necessários em nosso dia a dia na empresa. A didática do consultor também ajuda na reflexão de nosso modelo de Gestão.

    Deixe uma resposta